Satisfação de pacientes: por que e como medir?

O seu laboratório utiliza alguma ferramenta para mensurar a satisfação de pacientes? Caso não utilize, é interessante que você busque mais informações sobre essa ferramenta. Isso porque a satisfação dos pacientes pode servir como base para tomadas de decisões e aplicações de melhorias no laboratório.

Por conta desse motivo, é necessário compreender o assunto e buscar meios para conseguir mensurar a satisfação dos pacientes. Saiba mais nos tópicos a seguir!

Por que é importante medir a satisfação de pacientes de um laboratório?

Quando vão até um laboratório para realizar exames, os pacientes vivenciam uma jornada, na qual passam por diversas experiências. Desde o momento em que realizam a escolha do laboratório de preferência até a entrega dos resultados das análises, tudo deve ser trabalhado para gerar a excelência.

No entanto, por mais que haja esforço por parte dos profissionais do laboratório em prestar um ótimo serviço, nem sempre tudo sai como o esperado. Talvez algo que ninguém ainda tenha reparado ou dado importância seja indispensável para os pacientes e é por conta disso que conhecer a sua satisfação é tão relevante.

Ao medir a satisfação do paciente, ele perceberá que tem voz e suas reivindicações são atendidas. Assim se conquista a fidelização, o que faz com que a lucratividade do estabelecimento também seja aumentada.

Qual é o perfil do paciente atual?

Para garantir a satisfação de pacientes, o gestor do laboratório precisa compreender o perfil do paciente atual. As novas tecnologias geraram uma nova geração de consumidores, que, hoje, são muito mais empoderados e gostam de empresas em que possam fazer parte do serviço prestado e dar a sua opinião.

Porém, apenas ter um conceito genérico não é suficiente para conhecer o perfil do paciente. Ainda mais que é possível que existem diversas variações de acordo com a localização geográfica do laboratório, os tipos de exames que são prestados, entre outros.

Assim sendo, o recomendado é que seja feita uma pesquisa, que traduza, em números, a realidade dos pacientes de um laboratório, no que se refere ao seu perfil e à satisfação com os serviços.

Como deve ser medida a satisfação de pacientes?

Para fazer uma pesquisa de perfil e satisfação de pacientes, é necessário adotar algumas boas práticas. Veja, a seguir, as principais delas!

Faça perguntas relevantes

É preciso fazer perguntas relevantes para os pacientes e que realmente possam indicar a opinião de cada um sobre os serviços prestados em seu laboratório. Questione-os sobre a forma de atendimento, a estrutura física do local, a cordialidade dos funcionários e mais.

Assim, você terá subsídios para implementar melhorias e agradar aos pacientes, que, certamente, verão os seus desejos atendidos e voltarão ao estabelecimento quando necessitarem novamente.

Dê espaço para o paciente falar

Por mais que as perguntas objetivas, com respostas prontas para serem marcadas, sejam mais fáceis de tabular, elas podem não representar tudo aquilo que o paciente pensa.

Por isso, dê espaço para as pessoas falarem e dissertarem sobre as suas opiniões acerca do laboratório. Dessa forma, você conhecerá a satisfação de pacientes bem mais a fundo.

Utilize recursos tecnológicos

Os formulários de papel para fazer pesquisas já estão ultrapassados. Atualmente, existem recursos tecnológicos, como o aplicativos, que permitem o registro da satisfação do paciente em um laboratório.

Os registros podem ser feitos em diferentes momentos do atendimento, sendo o primeiro após a coleta e o segundo depois da consulta do laudo.

Conseguiu compreender por que e como medir a satisfação de pacientes de um laboratório? Então, coloque tudo em prática o quanto antes!

Aproveite e informe-se mais sobre o assunto em nosso post que fala sobre aplicativos para melhorar a experiência do paciente!

Newsletter



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *