Informações transformadas em decisões estratégicas

Gestão com base em indicadores de resultados é o foco do Ghanem Laboratório.

Com o crescimento do negócio e o aumento das variáveis envolvidas na gestão, escolher as estratégias para elevar a eficiência da empresa nem sempre é uma decisão fácil. Nesse sentido, é importante implantar mecanismos para medir dados e gerar indicadores que possam ser transformados em conhecimento para a equipe.

Com foco em aperfeiçoar a gestão de seus projetos, o Ghanem, laboratório de análises clínicas localizado em Joinville e região norte de Santa Catarina, implantou o sistema de Business Intelligence (BI) e tem alcançado resultados expressivos em áreas estratégicas.

Entre esses resultados está a diminuição dos erros de cadastro em 60% e a redução no tempo de entrega dos resultados de exames em 50%, graças àdiminuição de recoletas.

“Desde que implantamos o sistema, a rastreabilidade e o controle de qualidade são mais efetivos. Com isso, o nosso foco passou a ser na viabilidade das operações técnicas e no atendimento”, afirma o presidente do laboratório, Omar Amin Ghanem Filho.

O sistema a que se refere é o Shift View, solução de Business Intelligence (BI) para laboratórios clínicos integrada ao Shift LIS. Com a principal funcionalidade de transformar dados em estatísticas e gráficos que são posteriormente disponibilizados, em tempo real, e enviados aos responsáveis de diferentes áreas, o software também possibilita a customização dos relatórios às necessidades específicas de cada cliente.

No caso do Ghanem, uma das principais dificuldades era otimizar as atividades das equipes. Com as informações fornecidas pelo sistema, foi possível rever os horários de trabalho de 20% dos profissionais e direcioná-los para a criação de processos de pesquisa, desenvolvimento e inovação.

“Com o controle de qualidade mais estruturado e a eficácia na liberação dos resultados, a equipe passou a ter mais tempo disponível para se dedicar às atividades estratégicas direcionadas ao alcance de nossas metas”, destaca Ghanem Filho.

Com isso, o laboratório catarinense passou a identificar e a desenhar diretrizes estratégicas para o futuro.

“Temos a possibilidade de melhorar ainda mais os nossos sistemas de medição de desempenho, ampliar a nossa eficiência, além de monitorar continuamente os resultados para que possamos crescer com qualidade”, revela Ghanem Filho.

Newsletter



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *