Contas a pagar e receber: 4 dicas essenciais para o seu laboratório

Saber como fazer o controle de contas a pagar e receber de um laboratório de análises clínicas é fundamental. Somente assim o negócio será lucrativo e não apresentará problemas com o fluxo de caixa.

Apesar de parecer algo simples em um primeiro momento, essa estratégia não é das mais fáceis de serem realizadas. Vamos apresentar para você 4 dicas essenciais para fazer o controle de contas a pagar e receber em um laboratório. Veja os tópicos a seguir!

1. Faça projeções financeiras

É fundamental que você tenha projeções financeiras para o seu laboratório. Isso quer dizer que deve haver um planejamento para que o dinheiro seja bem aplicado e seja evitada a perda de recursos.

Para isso, é preciso que você saiba como negociar com fornecedores, tenha um controle de glosas, antecipe necessidades financeiras analisando por exemplo a sazonalidade no laboratório, tenha um capital de giro, entre outras medidas.

2. Crie categorias para as contas a pagar e receber

Outro ponto importante para gerenciar as contas a pagar e receber é categorizá-las. As receitas podem ser separadas entre as que são pagas de forma particular e as que necessitam de convênio médico, por exemplo.

Por sua vez, as despesas podem ser categorizadas em fixas e variáveis. As fixas são aquelas que devem ser pagas todos os meses, como as contas de energia elétrica, telefone, internet e o salário dos funcionários. Por sua vez, as variáveis são aquelas que não ocorrem todo mês, como uma reforma em sua sala de espera ou a substituição de um equipamento.

3. Tenha hábitos de organização

Também é relevante que você tenha hábitos de organização financeira. O principal deles é lançar as contas a pagar e receber sempre que elas forem geradas. Assim, é possível ter uma rastreabilidade completa de todas as operações financeiras, são evitados o esquecimento também furos de caixa.

O caixa também precisa ser controlado diariamente, para evitar que as transações passem despercebidas. Porém, além do controle diário, também é interessante que o monitoramento seja feito de forma semanal e mensal.

4. Utilize um bom software de gestão

Ter um bom software de gestão é uma das melhores alternativas para fazer o controle das contas a pagar e receber em um laboratório de análises clínicas. Isso se justifica porque os sistemas possibilitam que tudo seja feito de forma automatizada, sem que ocorram erros humanos ao executar os cálculos.

Além disso, os sistemas de gestão geram relatórios que podem ser acompanhados diariamente pelo responsável do laboratório. Assim, se qualquer erro for identificado, ele pode ser prontamente corrigido, para evitar que tome proporções maiores.

Essas são algumas das nossas dicas para fazer uma boa gestão de contas a pagar e receber, conquistando bons resultados para um laboratório. Esperamos que elas tenham sido úteis para você.

O nosso conteúdo foi útil? Outro ponto ao qual você deve ficar atento é o controle de indicadores para a gestão laboratorial. Entenda sobre o tema em nosso artigo que fala acerca desse assunto!

Newsletter



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *