Como o Sistema de Informação Laboratorial apoia a Gestão de Riscos e Segurança do Paciente

É perceptível a todos quando serviços prestados contam com um nível de qualidade diferenciado. Hoje em dia, na área da saúde, este cenário é fortalecido diante do elevado nível de exigência do mercado e da busca por estabelecimentos e profissionais que garantam a segurança do paciente.

No mercado da medicina diagnóstica existe um foco para seguir as melhores práticas de mercado e atender a normas de acreditações, o que exige uma maturidade dos laboratório e eficientesprocessos de gestão de qualidade”, explica Priscilla Inoue, Analista de Negócios da Shift.

Conheça abaixo cinco exemplos de como a solução da Shift apoia a segurança do paciente e atende a critérios de controle de qualidade muitas vezes requisitados em programas de acreditação.

1. Logística de Amostras: rastreabilidade e controles que garantem a integridade e estabilidade do transporte de amostras

Shift LIS contempla um controle automatizado de malote por tipo de material, onde é possível garantir o controle da temperatura. Caso a amostra ultrapasse os valores de referência de temperatura, o sistema possibilita abrir automaticamente uma não conformidade. A evolução do processo pode ser acompanhada etapa a etapa, a qualquer momento.

2. Cadastro de Amostras fora de especificações ideais

Em caso de amostras que são coletadas sem o devido preparo, o Shift LIS oferece o registro daquelas que não estão conforme os critérios de aceitação definidos, disponibilizando um mecanismo que garante que essas informações constam no laudo, de maneira a informar as precauções para a interpretação do resultado.

3. Indicadores de desempenho do Sistema de Gestão da Qualidade

Para uma análise de indicadores referentes ao desempenho e aspectos críticos para a qualidade dos serviços do laboratório, a solução de Business Intelligence da Shift proporciona uma análise de dados em tempo real através de uma dashboard que transforma dados em informações que auxiliam a tomada de decisão – se incluem indicadores de recoleta, laudos não retirados, atrasos de exame, retificação de laudos, entre outros.

4. Relatórios de Notificação Compulsória

Em situações onde se verificam resultados laboratoriais que indicam suspeita de doenças de notificação compulsória, o Shift LIS fornece relatórios de resultados aptos para serem enviados à autoridade sanitária responsável.

5. Comunicação de Resultados Críticos

Em caso de resultados críticos, a solução da Shift oferece a possibilidade de gerar comunicados automáticos para as áreas responsáveis contatarem médicos e pacientes, registrando a ocorrência em sistema.

Newsletter



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *