O acompanhamento dos indicadores de desempenho é indispensável para centros de medicina diagnóstica que desejam uma gestão mais inteligente desde o primeiro atendimento até a entrega de resultados. Através da gestão dessas métricas, é possível identificar se a performance dos processos está em conformidade com os objetivos da instituição e, dessa forma, tomar decisões mais assertivas e estratégicas diante das análises dos dados.

Além do monitoramento contínuo, que deve ser realizado internamente pelos profissionais responsáveis, é importante também que os resultados sejam comparados com instituições de perfil semelhante. Assim, a análise das informações se tornam ainda mais ricas e através do benchmarking.

Nesse sentido, a integração de soluções se mostra uma ferramenta poderosa e facilitadora para a gestão dos principais indicadores de um centro de medicina diagnóstica.

Neste conteúdo, entenderemos como a Shift, através da integração de sua plataforma tecnológica 100%, sua área de serviços, apoiada em uma solução de business intelligence, integra-se com a Metricare – evolução da experiência do PBIL (Controllab), agora disponível para outros segmentes de saúde, além do laboratorial.

O objetivo é proporcionar a importação de dados para a Controllab de forma automatizada com o intuito de otimizar a gestão dos indicadores.

Contextualizando a importância de comparar-se com o mercado

Com o atual cenário do mercado de medicina laboratorial, marcado não só pela elevada competitividade característica desse segmento, como também pelas condições regulatórias, por exemplo, estabelecidas pela recente RDC 786/2023, mais do que nunca ter dados qualificados para a tomada de ação é essencial para a sustentabilidade das organizações de saúde.

Além de estar citada no artigo 54 da nova RDC, a participação em programas comparativos de indicadores é essencial para os gestores poderem avaliar seu desempenho frente ao mercado e agir nesses cenários competitivos com segurança, agilidade e uso eficiente de recursos, buscando atingir seus objetivos estratégicos.

O que é a Metricare e como a plataforma que viabiliza o programa funciona?

Antes de entrarmos na integração propriamente dita, expliquemos melhor o que é a Metricare. Trata-se de um viabilizador e promotor da tomada de decisão baseada em dados para os gestores em saúde.

Desenvolvida pela Controllab, a maior empresa brasileira de controle de qualidade laboratorial, a plataforma contempla desde a entrada de dados até a gestão dos indicadores e seus resultados, incluindo análises críticas e registros de ações e sua eficácia.

Estamos falando de uma ferramenta que atende a todos os aspectos de um sistema de medição de desempenho corporativo e que permite, além do apoio à tomada de decisão, a adequada rastreabilidade dessa gestão, dando suporte aos requisitos de Normas de Acreditação e marcos legais relacionados, tais como a nova RDC 786/2023.

Assim, a Metricare tem como missão apoiar a tomada de decisão baseada em dados dos gestores de organizações de saúde, provendo indicadores comparativos do mercado em dimensões relevantes dos processos de negócio, viabilizando decisões ágeis e efetivas e contribuindo para uma maior competitividade das empresas, sua sustentabilidade de longo prazo. Além disso, em última análise, melhora continuamente os serviços prestados a médicos e pacientes.

Com uma experiência de quase duas décadas de operação, por meio de parceria entre Controllab e Sociedade Brasileira de Patologia Clínica e Medicina Laboratorial (SBPC/ML), o programa atualmente tem mais de 320 organizações de saúde participantes, em 15 países.

Seu escopo de benchmarking conta com mais de 170 diferentes indicadores, em dimensões que vão desde aspectos financeiros, passando por todas as fases do processo laboratorial, até questões referentes à eficiência no uso de recursos e segurança/satisfação das partes interessadas.

Essa experiência consistente e longeva no mercado, associada a um escopo amplo de informações disponíveis aos laboratórios e a uma governança colaborativa com seus stakeholders que tem foco prioritário nas questões éticas, privacidade e segurança de dados.

Também está alinhado às diretrizes/harmonizações internacionais, como a harmonização de indicadores da IFCC, por exemplo. Isso, por consequência, confere potencialidades diferenciadas à Metricare e agrega um valor que pode ser percebido pelas organizações de saúde participantes e pelas empresas/instituições parceiras apoiadoras do programa.

Mesmo com todo esse potencial, dois pontos são críticos para a adequada utilização da plataforma e para ampliar os ganhos provenientes de gestão comparativa de indicadores: eficiência na captação e entrada de dados; análise estratégica dos resultados; e tomada de decisão/ações. É aí que a Shift entra.

A integração entre Metricare e Shift

A parceria da Controllab com a Shift, com a disponibilização de integração automática dos dados provenientes da sua plataforma tecnológica diretamente à plataforma de indicadores confere eficiência na coleta e no envio de dados ao programa, bem como amplia o nível de segurança dos dados nesse processo.

Com essa atuação conjunta, é possível enviar dados ao programa com menor nível de utilização de recursos do laboratório, possibilitando a participação da organização em mais indicadores, bem como evitando a manipulação dos dados antes do envio, o que confere agilidade e segurança na utilização do programa.

Em adição a todo o arsenal de informações, gráficos e interpretações providos pela plataforma da Metricare, o apoio consultivo de organizações parceiras do programa agrega valor significativo às organizações participantes.

Isso é possível pelo fato de apoiar a etapa crítica de toda a gestão comparativa de desempenho. Ou seja, na interpretação estratégica dos resultados e consequente tomada de ação, visando a obter melhoria de processos e ganhos de competitividade do negócio. E, principalmente, focado na melhoria dos serviços prestados a médicos e pacientes.

O modelo consultivo da Shift, segundo Fernando Berlitz. Gestor de Indicadores e Serviços de Acreditação na Controllab, junto aos clientes é, sem dúvida, um diferencial da atuação no mercado e apoia uma melhor experiência dos participantes do programa, bem como colabora para ampliar os ganhos dessas organizações.

Quais tipos de indicadores podem ser analisados

Os laboratórios podem realizar a comparação de indicadores de atividades críticas do laboratório através do Metricare, que disponibiliza os dados que podem ser comparados conforme as metas estabelecidas pelo laboratório ou centro de medicina diagnóstica.

A tecnologia pode apoiar o cliente nesse processo por meio de integrações que realizam o processo de coleta de dados do SIL (Sistema de Informação Laboratorial) de forma automática e exportam para a base da Controllab.

Os indicadores que podem ser integrados são: Recoletas, Retificação de Laudo, Comunicação de Resultados Críticos, Atraso de Exames, Exames Solicitados, Exames por Paciente, Laudos Não Acessados, Ticket Médio e Erros de Transporte.

O Laboratório Samuel Pessoa, de Campinas, interior de São Paulo, por exemplo, evidenciou melhorias nos processos após fazer essa integração. Desta forma, os processos puderam ser aprimorados, e os dados são enviados de forma automatizada, impactando diretamente a gestão do tempo e fidedignidade dos dados. Isso possibilitou que o corpo gestor otimizasse o acompanhamento dos indicadores e dedicasse mais tempo à qualidade da gestão dos processos.

Anteriormente, era necessário cerca de um dia inteiro de trabalho para extrair os dados do SIL e digitá-los manualmente no site. E ainda, em algumas das vezes, identificava no ato de recebimento do relatório que alguns dados haviam sido reportados incorretamente, levando à necessidade de retrabalho e mais tempo para a execução das correções. Em sete meses de uso da integração, a redução de trabalho manual foi de 56 horas. 


imagem

Artigos relacionados

Controle de Qualidade Interno no contexto da RDC 786/23

O Controle de Qualidade Interno (CQI) desempenha um papel importante no dia a dia de um laboratório. Ele é uma peça-chave para garantir a confiabilidade e precisão dos resultados analíticos e possibilita o monitoramento contínuo do desempenho dos métodos laboratoriais. Normas de acreditação, como a PALC e, mais recentemente, a nova RDC 786/2023, demandam implementar […]

Gestão de riscos em laboratórios e a RDC 786/23

Neste conteúdo, vamos falar sobre gestão de riscos em laboratórios de Análises Clínicas sob o olhar da RDC 786/23, refletindo sobre planos de contingência, monitoramento de indicadores e muito mais! Continue a leitura para ficar por dentro do tema. Em primeiro lugar, vamos parar para imaginar quantas transformações aconteceram em um intervalo de 18 anos […]

RDC 786/23 e Gestão de Indicadores

Descubra o impacto da RDC 786/23 na gestão de indicadores de desempenho. Veja também como um correto acompanhamento desses indicadores pode te ajudar a melhorar os resultados do seu negócio. A RDC 786/23 trouxe consigo vários pontos que passaram a exigir, além de adequações de processos, também o cumprimento de algumas exigências por parte dos […]

imagem

Destaques

Controle de Qualidade Interno no contexto da RDC 786/23

Índice de adesão à RDC 786/23 cresce após consultoria da Shift

Gestão de riscos em laboratórios e a RDC 786/23

imagem

Assine a nossa newsletter?

Quer ficar por dentro das novidades sobre soluções em tecnologia para saúde? Cadastre-se na News da Shift e atualize-se periodicamente na caixa de entrada do seu e-mail.

Acompanhe a Shift nas redes sociais!