• 21 de Maio de 2019

 

Hoje, os laboratórios buscam maior performance e eficiência, porém, isso não depende somente de tecnologia e de processos definidos, mas também de uma cultura organizacional bem estruturada. Além disso, é necessária uma administração de processos orientada à performance, incluindo a gestão de pessoas de forma eficiente.

Essa preocupação é generalizada e, no segmento de laboratórios, isso não é diferente, no entanto, dentro desse ramo, é comum surgirem dúvidas acerca da maneira correta de gerir as equipes. Pensando nessa questão, selecionamos algumas sugestões para ajudá-lo a executar essa tarefa da melhor forma possível. Acompanhe o post e saiba mais sobre o assunto!

[rock-convert-cta id=”3065″]

Conheça a equipe

O processo de conhecimento dos colaboradores já deve começar na entrevista, antes da contratação. É indispensável que todo gestor analise os integrantes e aprenda a identificar os pontos fortes e fracos de cada um.

Por meio da compreensão das habilidades dos membros selecionados para trabalhar na companhia, será possível transferir as tarefas de maneira seletiva e de acordo com as potencialidades das pessoas em particular. Isso ajuda, inclusive, a otimizar melhor o tempo e os recursos dentro do ambiente corporativo.

Mantenha a cultura organizacional orientada à performance

Dentro de uma cultura organizacional, gerir pessoas significa reunir práticas ou políticas com o intuito de administrar recursos humanos com mais eficiência. Nesse sentido, o controle de indicadores no sistema de gestão pode perfeitamente servir como base para definir as metas de performance da equipe.

Dessa forma, torna-se possível conhecer o nível de produtividade dos setores e dos colaboradores e, com isso, atuar com mais precisão em ciclos de melhoria, quando necessário.

Assim, a organização fica mais apta a conhecer os gargalos de produtividade e potencializar as competências dos colaboradores com ações motivacionais para mantê-los comprometidos com os objetivos traçados pela empresa.

Invista na comunicação interna

O diálogo e a proximidade entre os membros de uma equipe de trabalho são essenciais para o bom andamento da rotina da empresa. A seção de recursos humanos já não é mais vista somente como a encarregada dos trâmites burocráticos, mas também como uma possibilidade concreta de promover a comunicação interna da organização.

Para cumprir esse papel satisfatoriamente, é comum ver empresas contratando profissionais especializados na área de comunicação especificamente para agilizar esse processo. São os jornalistas, os publicitários e outros experts de segmentos semelhantes. Eles são os responsáveis pela elaboração de estratégias de comunicação interna, como jornais, boletins e outras ferramentas que podem aproximar melhor as pessoas, criando diálogo e interação alinhados à cultura da empresa.

É importante ressaltar que o incentivo à proximidade e ao entendimento é mais eficaz quando os gestores derrubam as barreiras da hierarquia, passando a trabalhar em comunhão com todo o time. Assim, o alcance das metas tende a se desenrolar com mais harmonia e rapidez.

Utilize a tecnologia como aliada

Muitas empresas relutam em usar a tecnologia como instrumento de integração dos membros de um time em uma corporação, mas o tempo e as experiências positivas têm demonstrado o quanto uma empresa pode se beneficiar dos recursos tecnológicos para gerir pessoas e otimizar os processos internos.

O uso de um software de compartilhamento de tarefas é um bom exemplo disso. A ferramenta propicia a automatização, substituindo os processos manuais e repetitivos, que são cansativos para os colaboradores e induzem a erros mais facilmente. É possível, ainda, descentralizar as informações, facilitando o acesso de toda a equipe.

Um software traz indicadores de performance para os gestores, que podem trabalhar treinamentos específicos para as deficiências de conhecimento dos colaboradores e, assim, melhorar o desempenho de todos. Além disso, esse é um meio de estimular a interação natural da equipe, com mais praticidade, agilidade e envolvimento.

Invista no feedback com os membros

A prática do feedback de forma constante ganhou força nos últimos anos. As organizações perceberam que, ao profissionalizarem o setor de gestão de pessoas, a eficiência passou a crescer rapidamente, contribuindo para melhorias significativas no rendimento do trabalho.

Quando aplicado periodicamente e de forma correta, o feedback ajuda a empresa a manter os colaboradores na instituição, principalmente quando é feito para incentivar o desenvolvimento de capacidades e estimular equipes desmotivadas, promovendo uma participação mais ativa nos projetos da empresa.

Valorize os bons colaboradores

O reconhecimento do bom trabalho realizado pelo time faz toda a diferença quando se pensa em manter a excelência de algo que está dando certo. Prestigie sempre o bom desempenho de um colaborador eficiente e comprometido e lembre-se que elogiar em público pode ser um grande estímulo para qualquer pessoa no meio empresarial.

É assim que as pessoas se sentem respeitadas e valorizadas. Além disso, desenvolvem mais chances de adquirir confiança no líder a ponto de compartilhar eventuais irregularidades ou problemas que aconteçam na empresa.

Tenha uma liderança inspiradora

Sabemos que, atualmente, o segredo para manter um time bem administrado em qualquer companhia é manter uma liderança que seja inspiradora. Por isso, grande parte dos gestores procura desenvolver as qualidades atribuídas a líderes carismáticos, especialmente quando o desafio é ter de lidar com equipes numerosas.

Esse tipo de líder é vital para promover sinergia em ambientes corporativos. Só um líder inspirador é capaz de entender as necessidades da sua equipe e alinhá-las com os objetivos da organização. Normalmente, esses indivíduos enfrentam desafios, são confiáveis, autênticos, curiosos e verdadeiros e, com isso, conquistam o respeito dos colaboradores naturalmente.

Fazer uma boa gestão de pessoas requer conhecimento de administração, ainda que essa não seja a sua formação acadêmica, portanto, é fundamental ficar atento às novidades dessa área e aplicá-las da forma mais adequada na administração do seu laboratório.

Invista em treinamentos de capacitação

É comum acontecer uma desatualização no conhecimento das equipes que trabalham em laboratórios, afinal, a ciência evolui muito rapidamente e, após um determinado tempo de rotina, por mais acentuada que ela pareça, há um desgaste natural. Por isso, o investimento em capacitação e desenvolvimento dos colaboradores não pode ser negligenciado.

De acordo com o crescimento profissional conquistado, a equipe tende a perceber a gestão eficiente empregada pela empresa na qual trabalha e o quanto os colaboradores são valorizados e incentivados a progredirem profissionalmente.

Estimule o seu time a participar de treinamentos constantes e atividades que mantenham ou acentuem a curva de conhecimento das suas atribuições dentro da empresa.

Os pontos acima expostos e analisados nos fornecem uma visão sobre a necessidade de investir nessas questões, dando especial atenção à gestão de pessoas como um caminho seguro para que o seu laboratório possa crescer de maneira mais certeira.

As sugestões apontadas podem fazer a sua empresa expandir ganhando mais espaço e visibilidade no mercado. Para saber mais sobre gestão de laboratórios, assine nossa newsletter e mantenha-se atualizado.


imagem

Artigos relacionados

Controle de Qualidade Interno no contexto da RDC 786/23

O Controle de Qualidade Interno (CQI) desempenha um papel importante no dia a dia de um laboratório. Ele é uma peça-chave para garantir a confiabilidade e precisão dos resultados analíticos e possibilita o monitoramento contínuo do desempenho dos métodos laboratoriais. Normas de acreditação, como a PALC e, mais recentemente, a nova RDC 786/2023, demandam implementar […]

Gestão de riscos em laboratórios e a RDC 786/23

Neste conteúdo, vamos falar sobre gestão de riscos em laboratórios de Análises Clínicas sob o olhar da RDC 786/23, refletindo sobre planos de contingência, monitoramento de indicadores e muito mais! Continue a leitura para ficar por dentro do tema. Em primeiro lugar, vamos parar para imaginar quantas transformações aconteceram em um intervalo de 18 anos […]

RDC 786/23 e Gestão de Indicadores

Descubra o impacto da RDC 786/23 na gestão de indicadores de desempenho. Veja também como um correto acompanhamento desses indicadores pode te ajudar a melhorar os resultados do seu negócio. A RDC 786/23 trouxe consigo vários pontos que passaram a exigir, além de adequações de processos, também o cumprimento de algumas exigências por parte dos […]

imagem

Destaques

Controle de Qualidade Interno no contexto da RDC 786/23

Índice de adesão à RDC 786/23 cresce após consultoria da Shift

Gestão de riscos em laboratórios e a RDC 786/23

imagem

Assine a nossa newsletter?

Quer ficar por dentro das novidades sobre soluções em tecnologia para saúde? Cadastre-se na News da Shift e atualize-se periodicamente na caixa de entrada do seu e-mail.

Acompanhe a Shift nas redes sociais!