Como realizar a integração de informações em laboratórios?

  • 12 de janeiro de 2022

 

A integração de informações oferece grandes benefícios tanto para os laboratórios quanto para os pacientes, desde que feita da forma certa. Para isso, é preciso escolher ferramentas de qualidade, sempre se atentando às demandas e às particularidades do seu negócio.

Há vários pontos importantes a serem abordados quando o assunto é integração de informações em laboratórios. Para ajudar você a compreendê-los melhor, preparamos este artigo com dicas, conceitos e explicações sobre eles. Não deixe de ler até o fim!

Sobre a integração de informações e processos em laboratórios

 

Trata-se de integrar os processos e diferentes setores do laboratório, de modo que se comuniquem melhor e da forma mais padronizada possível. Assim, o fluxo de tarefas se torna mais prático, fácil e dinâmico, além de evitar uma série de retrabalho e minimizar possíveis riscos. Existem diferentes maneiras de integrar informações, mas hoje vamos focar no uso de um sistema integrado.

Nessa ferramenta, você conta com recursos de automatização para registrar e atualizar os dados, por exemplo. Todos os setores se tornam interligados, compartilhando as informações necessárias para cada atividade por meio da tecnologia, que protege as informações e as disponibiliza para os profissionais e pacientes interessados.

Por que é importante fazer a integração de informações e processos em laboratórios? 

 

A integração de informações traz vantagens não apenas para o laboratório, mas também para seus pacientes. Explicamos a seguir alguns dos benefícios mais importantes dessa medida para mostrar como toda a rotina e o rendimento são otimizados. Confira!

Fluidez na informação

Um laboratório que usa diferentes sistemas não integrados tem seu trabalho redobrado. As informações não estarão disponíveis de forma padronizada, o que torna mais difícil cruzá-las e prejudica o fluxo das atividades.

O cruzamento de dados em sistemas separados é mais complexo e, portanto, mais propenso a erros. Com a integração de informações, a comunicação dos setores se torna mais ágil e acertada, reduzindo falhas que podem gerar prejuízos.

Melhor gerenciamento e tomada de decisão

Contar com uma plataforma integrada de tecnologia permite ter uma visão global do laboratório, verificando problemas, demandas e pontos positivos de cada setor. O gestor pode acompanhar como as atividades se relacionam e os resultados que têm sido obtidos. Assim, pode tomar decisões mais assertivas e traçar melhores estratégias, promovendo uma melhor qualidade dos serviços aos pacientes. Estes, por sua vez, ficam mais satisfeitos, ampliando as chances de fidelização.

Segurança

Sistemas integrados contribuem de várias formas para a segurança dos pacientes. O melhor fluxo de informações já evita que dados sejam trocados e que os resultados dos exames se extraviem, por exemplo. Além disso, cada equipe responsável recebe com maior agilidade os detalhes de cada atendimento, podendo focar em oferecer a melhor experiência aos pacientes.

Lembrando que a adoção de tecnologias para automatizar processos não significa a perda da humanização do relacionamento com o paciente. A lógica deve ser o oposto: a tranquilidade promovida pela integração permite dar mais atenção aos pacientes e praticar uma melhor escuta, habilidade interessante a ser desenvolvida ou até mesmo treinada.

Outro ponto é que, na hora de escolher um sistema, você deve ficar atento às tecnologias de segurança e proteção de dados. Assim, tanto as informações dos pacientes quanto as do laboratório ficam em um local protegido, garantindo o respeito à privacidade e cumprindo com a legislação.

Redução de custos 

Plataformas únicas e integradas de tecnologia também contribuem para as finanças do laboratório, pois evitam compras desnecessárias e custos gerados por retrabalho.

Como fazer a integração de informações e processos em laboratórios? 

 

Como mencionamos, existem alguns caminhos para a integração de informações, mas vamos nos concentrar no uso de um sistema integrado. Cada laboratório terá seu próprio processo e deverá escolher a tecnologia que melhor atenda às suas demandas, mas podemos citar alguns passos para facilitar as decisões.

Antes de qualquer coisa, é importante fazer um mapeamento dos seus processos. Entenda quais são as áreas do laboratório, como todas as atividades se relacionam e quais são interdependentes. Faça um levantamento de todos os sistemas usados atualmente e suas funcionalidades no dia a dia. Informe-se sobre detalhes, como sua compatibilidade e se a rede comporta bem os processos.

Também é importante mapear todos os tipos de informações com as quais o laboratório lida, como dados pessoais, dados médicos, resultados de exames e finanças do negócio, por exemplo. Entenda por onde elas entram (canais como e-mails, site e telefone), quais caminhos percorrem e como são transmitidas.

Esses conhecimentos ajudarão a entender os tipos de integração que o laboratório precisa e quais funções são necessárias no novo sistema. Compreenda também a situação atual do negócio, considerando se ele já tem familiaridade com automatização. Assim, será mais fácil planejar um processo de integração adequado.

Com base nos conhecimentos que você tem sobre o seu negócio, busque por um parceiro estratégico que atenda às suas necessidades. Escolha uma empresa de confiança e faça pesquisas aprofundadas sobre as suas opções. Conheça o histórico, fale com quem já foi cliente, confira os valores e todos os detalhes sobre o modo de trabalho e o suporte oferecido. Peça apresentações do sistema antes de fechar negócio e informe-se sobre as particularidades da tecnologia usada, pesquisando também sobre a sua qualidade.

Com a decisão tomada, chega a hora da transição. Considere que será um período de adaptação e, como em qualquer outra mudança, será preciso monitorar os resultados e, se necessário, fazer ajustes.

Agora, você já conhece a integração de informações. Para que tudo corra da melhor forma, não deixe de procurar por uma plataforma qualificada, que permita interoperabilidade, e um parceiro que caminhe com você a longo prazo. A Shift oferece um sistema completo, sempre pensando no melhor atendimento aos pacientes e nas vantagens para o seu laboratório.

Esperamos que tenha gostado do conteúdo! Não deixe de conhecer o Shift LIS: nosso Sistema de Informação Laboratorial.


imagem

Artigos relacionados

7 vantagens da automação laboratorial para aumentar a competitividade dos laboratórios

Conheça 7 vantagens da automação laboratorial e como aumentar a competitividade e a eficiência operacional dos laboratórios

Veja como um software ajuda a gerar resultados laboratoriais

Veja como um software ajuda a gerar resultados laboratoriais 21 de setembro de 2021   Na busca por melhores resultados, muitos laboratórios vêm investindo em tecnologias de ponta e sistemas inovadores que podem ser grandes aliados do negócio, desde que seja feita a escolha das ferramentas adequadas. Um software de gestão integrada para laboratórios é […]

Processo de tomada de decisão: como conduzir no laboratório?

Processo de tomada de decisão: como conduzir no laboratório? 26 de outubro de 2021   Os processos de tomada de decisão nos centros de medicina diagnóstica e preventiva influenciam diretamente a segurança do paciente. A relevância desse aspecto se dá, principalmente, no impacto das decisões sobre os diagnósticos. Por isso, criar condições para decisões mais […]

imagem

Destaques

Controle de Qualidade Interno no contexto da RDC 786/23

Índice de adesão à RDC 786/23 cresce após consultoria da Shift

Gestão de riscos em laboratórios e a RDC 786/23

imagem

Assine a nossa newsletter?

Quer ficar por dentro das novidades sobre soluções em tecnologia para saúde? Cadastre-se na News da Shift e atualize-se periodicamente na caixa de entrada do seu e-mail.

Acompanhe a Shift nas redes sociais!